Educação

Educação Formal e Informal

 

O projeto Ponte da Esperança ajuda crianças de rua e crianças trabalhadoras que não frequentam escolas e ficam pelas ruas. São meninos e meninas de origem muito pobre e expostos a risco de exploração e abusos.

Muitos deles sequer possuem certidões de nascimento, não podem pagar por uniformes e materiais escolares, nem aulas de reforço, o que é necessário para qualquer criança ser matriculada no sistema educacional do Camboja.

Queremos fazer a ponte entre as ruas e a escola pública preparando essas crianças com conhecimentos literários básicos e ajudando-os a apresentar um bom e educado comportamento e linguagem, o que ajudará no processo de serem aceitos na escola formal. Também ajudamos a prover uniformes e suprimento escolares.

Apesar de não sermos uma escola formal, seguimos o currículo das escolas públicas e empregamos professores cambojanos treinados.

Em média temos 70-80 crianças em nosso centro. As crianças e seus pais vêm ao centro mediante indicações da comunidade e relacionamento com a equipe, que sempre está em contato com crianças de rua.

 

 

Inicialmente, crianças frequentam aulas de khmer básico, trabalhando leitura e escrita em classes com poucos alunos por professor a fim de identificar e atender às necessidades dos estudantes. São classes para nivelamento e às vezes tomam todo o dia.

Tipicamente temos turmas de primeira e segunda séries.

Também temos cerca de 30 crianças que já conseguiram vagas na escola pública mas frequentam turmas de meio período para reforço escolar.

Devido ao relacionamento que construímos com as escolas públicas, algumas crianças que não possuíam certidão de nascimento agora têm oportunidade de se matricular e estudar nas escolas públicas.

As crianças recebem café-da-manhã e almoço na escola.